O Mundo Sobre Ford Fiesta


Sistema de suspensão

Compartilhe

Convidad
Convidado

Sistema de suspensão

Mensagem por Convidad em 16/12/2011, 10:31

O sistema de suspensão tem uma função importantíssima no automóvel. É ela que absorve por meio dos seus componentes todas as irregularidades do solo e não permite que trancos e solavancos cheguem até os usuários. Também é responsável pela estabilidade do automóvel.

Os principais componentes do sistema de suspensão são:

Molas;
Amortecedores;
Barras estabilizadoras;
Pinos esféricos (pivôs);
Bandejas de suspensão.


Sem as molas e os amortecedores que permitem a movimentação controlado do sistema, o desconforto seria muito grande, principalmente em pisos irregulares. Isso sem falar na vida útil do veículo, que diminuiria muito com os fortes impactos sofridos.

Com os impactos transferidos para o veículo, há sofrimentos tanto do usuário como para o automóvel.

No automóvel podem vir a causar trincas na sua estrutura, que praticamente comprometeria todo o veículo.

Outro problema seria aqueles incômodos ruídos do painel do automóvel, que com a vibração e os impactos sofridos, aumentariam em muito. E todos nós sabemos como é chato esse barulho.

Para quem já andou num carrinho feito com rolamentos na juventude sabe muito bem o que é um veículo sem suspensão.



Molas e amortecedores trabalham em conjunto. A mola absorve os impactos sofridos pelas rodas e os amortecedores seguram a sua distensão brusca, evitando oscilações no veículo.



Nos veículos leves, a maioria das suspensões utilizam a mola helicoidal, que é formada por uma barra de aço enrolado em forma de espiral. Existem também outros tipos de molas, como as barras de torção (utilizado nos veículos VW como o Fusca, a Brasília, etc) e as semi-elípticas (utilizadas em veículos de carga).

A mola helicoidal pode trabalhar tanto na dianteira como na traseira do veículo. Seu posicionamento na suspensão depende da sua construção e estrutura. Entre os tipos de suspensões mais utilizadas no Brasil estão as do tipo Mc Phearson e as de duplo triângulos, ambos suspensões independentes.


Mais o que vem a ser uma suspensão independente?

Suspensão independente é aquela que cada um dos lados estão ligados às rodas de forma independente, ou seja, se uma roda passar por um desnivelamento, somente ela será deslocada, não modificando o posicionamento da roda oposta.



Já uma suspensão rígida, também chamado de ponte ou eixo rígido, as rodas estão ligadas diretamente por meio de um eixo. Se uma das rodas se deslocar devido a um desnivelamento, a roda oposta também irá se deslocar.

Como já dissemos, a forma como a mola e o amortecedor serão montados na suspensão, depende diretamente do tipo empregado.

O que ocorreria com o veículo se não houvessem os amortecedores?

Sabemos que toda ação tem uma reação. As molas quando comprimidas pela ação das suspensão, tende a voltar para sua posição normal. Assim, quanto maior for o impacto sofrido, maior e mais violenta será a sua compressão. A distensão da mola ocorre na mesma intensidade, fazendo com que o veículo fique oscilando. Isso é totalmente prejudicial à estabilidade do automóvel.



A energia absorvida pelas molas é liberada por meio de oscilações, o que também gera desconforto, além de comprometer a segurança, já que durante as oscilações, há perda de aderência das rodas com o solo, o que torna perigoso a condução do veículo, principalmente nas curvas.

É aí que entra a função dos amortecedores. Eles limitam as oscilações, frenando a abertura e fechamento da suspensão, tornado a dirigibilidade muito mais segura e estável, afinal de contas, pular é para canguru.



Os amortecedores podem ser de três tipos, o convencional, o pressurizado e o eletrônico.

O amortecedor convencional ou amortecedor hidráulico é constituído por um conjunto de pistão e válvulas, fixado a uma haste que se move dentro de um tubo com óleo específico para altas temperaturas e pressões. As válvulas regulam a passagem do óleo, controlando a velocidade da haste.



O controle de fluxo de óleo durante a abertura e o fechamento da suspensão é o que caracteriza a dupla ação dos amortecedores.

Um amortecedor hidráulico funciona muito bem, mas em condições severas, a velocidade de acionamento dos pistões se eleva tanto que o óleo não consegue acompanhá-lo, ocasionando um "vazio" e bolhas de ar logo abaixo do pistão.

Estes fenômenos são chamados de cavitação (vazio) e espumação (bolhas de ar), e provocam pequenas falhas no amortecimento. Quando a temperatura volta ao normal, o amortecedor também volta a operar normalmente. Em condições de uso normal, a cavitação e a espumação não acontecem.

A evolução surgiu com os amortecedores pressurizados, quando a NAKATA® lançou o HG (primeiro amortecedor pressurizado do Brasil).

A injeção de gás nitrogênio, em conjunto com uma válvula de fluxo do gás, cria uma câmara pressurizada fazendo com que o óleo seja pressionado para dentro do tubo de pressão com maior velocidade, evitando assim, a cavitação e a espumação.



O trabalho contínuo do amortecedor provoca o seu desgaste como em qualquer outra peça. Sendo assim, quando a vida útil do amortecedor terminar, troque-os.



É bom lembrar, embora a vida útil de um amortecedor seja bastante longa, faça uma revisão a cada 40.000 quilômetros.
Sinais de vazamento e excesso de oscilações no veículo indicam que os amortecedores já estão vencidos. Lembre-se, é a sua segurança que está em jogo, além do conforto é claro.

O desgaste de um amortecedor é normal com o passar do tempo, pois o constante atrito das peças em movimento, acabam desgastando e criando folga entre as partes móveis que compõem o amortecedor.

Quando for fazer uma troca de amortecedores, utilize sempre novos. Jamais coloque um amortecedor "recondicionado" no seu veículo ou do seu cliente.

Recondicionar um amortecedor é uma tarefa praticamente impossível, pois, seria necessário trocar todos os componentes internos do amortecedor, o que o tornaria tão caro quanto um novo. Também não existem peças de reposição para isso.



Então, como eles recondicionam os amortecedores?

Na verdade, eles não recondicionam e sim, furam o cilindro do amortecedor e introduzem um óleo "mais grosso", normalmente óleo de motor ou de câmbio. Isso fará você pensar que o amortecedor tem eficiência, mas assim que for solicitado, ele deixará de funcionar.

Esse é um ato criminoso, pois, além de enganar o consumidor, ainda coloca a vida dele em jogo. Existem casos em que nem o óleo é trocado, apenas pintam a parte externa do amortecedor e os colocam em caixas.

Amortecedores comprados em "desmanches" também não devem ser utilizados, pois, como saber a procedência do mesmo e as suas condições?

Amortecedor, o famoso "costa-larga".

Quando acontece qualquer tipo de problema na suspensão do veículo, é normal ouvirmos a expressão "amortecedores com problema". Isso não é verdade, pois, como dissemos anteriormente, a suspensão é composta por vários componentes. Assim, um ruído vindo da suspensão não indica que o amortecedor esteja com problemas.

Molas cansadas ou quebradas, buchas, rolamentos de rodas, batentes ou coxins danificados, falta de alinhamento de direção ou do balanceamento das rodas podem causar problemas. Até a calibração dos pneus tem que ser levadas em conta.



Uma forma rotineira de verificar problemas com o amortecedor é balançar o carro com as mãos.

Se o veículo oscilar uma vez e meia, o amortecedor está em boas condições de uso. Caso continue oscilando por muito tempo antes de parar, pode indicar um problema com as molas ou que o amortecedor não está mais controlando o seu trabalho.

Nestas condições, está na hora de fazer um revisão na suspensão e verificar os amortecedores.

É importante utilizar o amortecedor específico para o seu veículo.



Se na hora de substituir o amortecedor ele apresentar defeitos que não seja o seu desgaste natural, a suspensão deve ser checada de forma geral, pois, algum componente poderá estar afetando os amortecedores. A simples troca poderá danificar os novos amortecedores.



Se você substitui os amortecedores e fez uma revisão completa na suspensão e mesmo assim o veículo apresente vibrações ou falta de estabilidade, verifique a alinhamento e o balanceamento das rodas.

Para garantir uma maior vida útil dos amortecedores, certifique-se que os seus acessórios como as coifas de proteção da haste, os batentes e os coxins estejam em ordem.

Carga acima do limite especificado pelo manual do fabricante ou impactos muito fortes na suspensão podem danificar não só amortecedor mas todos os componentes da suspensão.

Observação: Não utilize graxa ou qualquer óleo de origem mineral para lubrificar partes da suspensão onde trabalham borrachas.



Os pinos esféricos ou pivôs da suspensão são pinos articulados que prendem o cubo da roda à suspensão.



Os pivôs de suspensão fazem a ligação entre as partes suspensas (chassi, carroceria) e as partes não suspensas (telescópico, manga de eixo, cubo de roda). Eles recebem grandes cargas e esforços durante a aceleração, frenagem e curvas, e, em alguns casos, também suportam o peso do veículo.

É preciso muita atenção quanto ao desgaste dos pivôs.

Os pivôs possuem uma coifa de proteção que impedem que poeiras ou qualquer tipo de material estranho penetre no alojamento da esfera de articulação. Isso evita o desgaste prematuro do componente e a sua quebra.

Se a coifa estiver rasgada, o pivô deve ser substituído imediatamente.



A quebra de um pivô consiste no desligamento do cubo de roda à suspensão. Com o veículo em movimento, poderá causar sérios acidentes. Normalmente, com a quebra do pivô a roda cai.

O braço de suspensão ou a bandeja permite a articulação das rodas na suspensão.

A figura mostra o braço de suspensão. Veja que o pivô é preso no braço e na coluna da suspensão.

Em veículos que utilizam bandejas na suspensão, o seu papel é idêntico aos braços, só o seu formato é que muda, pois, normalmente tem aspecto triangular. As bandejas ou os braços de suspensão articulam-se em juntas de metal-borracha chamadas de silent-block, também conhecidas como buchas de bandeja. As mesmas devem ser substituídas quando apresentarem desgaste, pois, além de provocar folgas na suspensão, ainda provocam ruídos indesejáveis.



As barras estabilizadoras evitam a inclinação da carroceria em demasia durante as curvas a fim de não se perder estabilidade.



O estabilizador constitui-se de uma barra de aço curvada em forma de "U" e é instalada transversalmente no veículo em suspensões independentes.

É presa na suspensão por meio de mancais de borracha como pode ser visto na figura ao lado.

Com o tempo, é normal que estas buchas se danifiquem. Caso isso ocorra, as mesmas devem ser substituídas por novas junto com suas braçadeiras.

Para completar nosso assunto, ainda existem os componentes do sistema de direção, que também estão montados na suspensão do veículo.



Qualquer peça em condições irregulares devem ser substituídas.

Fonte de pesquisa: Almanaque Dana - Nakata números 35, 36 e 37

Bryan
Banido

Mensagens : 607
Data de inscrição : 02/08/2011
Localização : Florianópolis

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Bryan em 16/12/2011, 10:35

Show de bola! cheers


_________________

tomazsena
Conselheiro
Conselheiro

Mensagens : 2374
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 37
Localização : Mossoró/RN

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por tomazsena em 16/12/2011, 11:53

Parabens Toreto, bem explicativo o texto. Irá ajudar muita gente. Eu foto em Fixar esse Tópico. Pois acredito ser de extrema importancia para os usuário do FFC.


_________________



Minha Garagem Atualizada 22/01/2012




Convidad
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidad em 16/12/2011, 12:08

Valeu Amigos, está na seção de assuntos mais procurados de mecânica...

Hugo Sena
Discípulo de Chuck Norris
Discípulo de Chuck Norris

Mensagens : 2985
Data de inscrição : 16/06/2011
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Hugo Sena em 16/12/2011, 12:30

Belo tópico Toreto!!!
Vc sim heim....rsrs


_________________
When the sun goes down,the rpm's goes up!!!

Convidad
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidad em 16/12/2011, 13:12

Valeu Hugão...é nóisss

betonatale
Piloto de Fuga
Piloto de Fuga

Mensagens : 112
Data de inscrição : 15/10/2011
Idade : 30
Localização : São Paulo - Zona Leste - Tatuapé

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por betonatale em 19/12/2011, 00:31

Parabens pela iniciativa Toreto.. muito bom para nos leigos entender alguma coisa..

Ithallo Tanabe
Conselheiro
Conselheiro

Mensagens : 2178
Data de inscrição : 08/06/2011
Idade : 32
Localização : Maceió/AL

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Ithallo Tanabe em 19/12/2011, 01:26

Muito bom mesmo!!!


_________________
Garagem

Convidado
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidado em 11/2/2012, 01:07

Um dos amortecedores traseiros do meu Fiesta está vazando óleo, pesquisei sobre amortecedores remanufaturados o preço é bom, aqui na minha cidade tem uma loja especializada que da 2 anos de garantia, mas será que pode confiar?

Hugo Sena
Discípulo de Chuck Norris
Discípulo de Chuck Norris

Mensagens : 2985
Data de inscrição : 16/06/2011
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Hugo Sena em 11/2/2012, 03:58

Eskece...


_________________
When the sun goes down,the rpm's goes up!!!

gustavo pereira
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 21
Data de inscrição : 02/04/2012
Localização : Jacareí / SP

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por gustavo pereira em 6/4/2012, 20:58

Eu vou d novo tb ..

Convidado
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidado em 6/4/2012, 21:34

Coloquei os remanufaturados mesmo, muito caro os novos e ainda tive que gastar mais grana com outras coisas na parte da suspensão.

Convidad
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidad em 6/4/2012, 23:01

Robson Torres Alves escreveu:Coloquei os remanufaturados mesmo, muito caro os novos e ainda tive que gastar mais grana com outras coisas na parte da suspensão.

Amigão...dá uma lida nas regras e arruma as dimensões da assinatura da sua garagem

Convidado
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidado em 6/4/2012, 23:30

Toreto escreveu:
Robson Torres Alves escreveu:Coloquei os remanufaturados mesmo, muito caro os novos e ainda tive que gastar mais grana com outras coisas na parte da suspensão.

Amigão...dá uma lida nas regras e arruma as dimensões da assinatura da sua garagem

Já tirei tudo, não sabia que tinha isso tbm, custei fazer aquela assinatura, depois vou ver se faço outra... Abraços

Convidad
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidad em 7/4/2012, 00:26

Era só dimensionar a mesma assinatura amigão...
para no máximo 150 pixel de altura e a largura pode ser do tamanho que quiser...só a altura deve mudar...rsrsrs

Convidado
Convidado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Convidado em 7/4/2012, 15:18

Toreto escreveu:Era só dimensionar a mesma assinatura amigão...
para no máximo 150 pixel de altura e a largura pode ser do tamanho que quiser...só a altura deve mudar...rsrsrs

Blz Toreto depois eu faço isso, Abraços!

souzaralf@yahoo.com.br
CFC Auto-Escola
CFC Auto-Escola

Mensagens : 251
Data de inscrição : 09/01/2012
Localização : São Paulo

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por souzaralf@yahoo.com.br em 7/4/2012, 22:26

Belo Tópico, Parabens!!!


_________________
MINHA GARAGEM
http://www.fordfiestaclube.com/t1478-garagem-fiesta-hatch-09-09#23065

gustavo pereira
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 21
Data de inscrição : 02/04/2012
Localização : Jacareí / SP

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por gustavo pereira em 19/4/2012, 00:04

lEGAL TAVA DE BOBEIRA E RESOLVI FAZER UM ORÇAMENTO DO MEU FIESTINHA AI A SURPRESA COM PEÇAS E MÃO DE ORBRA R$ 1,038,00 DILMAS (COMO DIRIA UM AMIGO AQUI DO FORUM) OU SEJA A MÃO D OBRA E + OU - UNS R$ 300,00 DILMAS E PEÇAS R$ 738,00 .... SO PRA ELE COMEÇAR A RODAR + MACIL .....

moliveira
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 21
Data de inscrição : 09/04/2012
Idade : 27
Localização : João Pessoa

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por moliveira em 22/4/2012, 14:47

galera,

pus as rodas 17 no carango,mas tenho uma duvida...

as rodas dianteiras do meu fiesta ficaram um pouco para fora dos paralamas dianteiros,mesmo sem alargadores e sem anéis,

quero uma ajuda pra por essas rodas para dentro porque ainda estou achando o carango alto demais...

valeuzao

Hugo Sena
Discípulo de Chuck Norris
Discípulo de Chuck Norris

Mensagens : 2985
Data de inscrição : 16/06/2011
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Hugo Sena em 23/4/2012, 00:20

Temos diversos tópicos aki sobre isso....Dá uma pesquisada....


_________________
When the sun goes down,the rpm's goes up!!!

Nilton Santos
Coordenador
Coordenador

Mensagens : 497
Data de inscrição : 15/01/2012
Idade : 28
Localização : Santa Rita/PB

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Nilton Santos em 31/7/2012, 15:16

Pessoal os pratos superiores do amortecedor estavam tão desgastados que vi a hora ficar ferro no ferro. então coloquei estas borrachas. Não acho isso em nenhum lugar aqui em João Pessoa. Comentarios?
Dimensão dessa foto eh 1600x1200. O padrão aqui eeh de quanto? Esta tem 500kb de tamanho, formato jpeg.


yurimedeiros
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 10
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 25
Localização : Goiania

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por yurimedeiros em 15/8/2012, 13:38

pode cre. bao demais viu.

edsonluis
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 11
Data de inscrição : 13/07/2012
Localização : RJ

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por edsonluis em 28/10/2012, 21:19

Meu brother, muito bom sua dica, valeu mesmo! Continue assim, abraços!

weltonpaiva
Nascituro
Nascituro

Mensagens : 27
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34
Localização : são gonçalo do amarante - rn

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por weltonpaiva em 12/4/2013, 16:57

Ótima dica, valeu Toreto.

Conteúdo patrocinado

Re: Sistema de suspensão

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 03:49


    Data/hora atual: 9/12/2016, 03:49