O Mundo Sobre Ford Fiesta


Explicação sobre bobina e ignição dos Ford

Compartilhe

maraccini
Piloto de Fuga
Piloto de Fuga

Mensagens : 122
Data de inscrição : 05/05/2012
Localização : Jundiaí-Sp

Explicação sobre bobina e ignição dos Ford

Mensagem por maraccini em 19/7/2013, 16:02

Todas estas bobinas (Endura, Zetec, Rocam, Sigma) foram projetas para um motor V8 do Mustang de projeto antigo dos anos 60 e que tem baixa taxa de compressão de 8:0 a 8.6:0 e de baixo giro máximo de 5200 RPM e todos sabem que os Fabricantes americanos nunca foram primorosos com a eficiência de seus motores (com exceção dos atuais ecobooster e motores novos da GM) veja o exemplo de V8 da Audi, BMW e Mercedes que além de serem menores tem melhor potencia e consumo que os dos carros americanos, mesmo neste velho motor A Ford introduziu bobinas individuais e velas de irídio para melhorar a eficiência e estes ainda usam de gasolina regular americana que é melhor que nossa além de não ter adulteração nenhuma tanto de fabrica (nossa gasolina apesar de ser hidrocarboneto pode e tem até 2 % de água com sais minerais, além de alto teor de enxofre que entopem os bicos injetores) como de revendedor (mais agua, mais álcool hidratado que permitido, solventes, etc).
Ford mandou projeto antigo destas bobinas para nossos veículos de terceiro mundo.
E qualquer preparador deste motor sabe que um leve preparo como troca de carburador ou aumento da taxa de compressão, necessita de uma bobina melhor veja como prosperaram marcas como Accel, MSD, Pertronix, Mallory, Crane, Diablo, etc.
Falando de História quando da utilização de álcool (já possuíam sistema de ignição eletrônica) nos carros foi observado que devido ao álcool ser dielétrico (dificulta o centelhamento) além da taxa de compressão mais alta que também dificultava este, assim foi introduzido um bobina no principio asfáltica muito mais forte que as do modelo gasolina e velas de ignição com grau térmico diferente.
Quando da introdução das injeções eletrônica foram introduzido as bobinas plásticas que tem maior voltagem/amperagem que as asfálticas de motores a gasolina, mas mesmo assim é um meio termo, ou seja, tem ainda uma voltagem/amperagem inferior as dos motores a álcool antigas.
Os atuais motores Flex têm taxa de compressão não tão alta como dos anteriores modelo a álcool 13:0 a 13,6:0 de fabrica, mas mesmo assim tem taxa quase 54% maior que os motores a que estas bobinas foram projetas, além de destes motores terem giro 22% a mais e de trabalharem com álcool.
Ainda sobre ignição é conhecido por quem conhece de mecânica que o sistema de ignição tem uma dificuldade de centelhamento em baixos giros quando ainda a voltagem do alternador não chega a bateria para ajuda-la a fornecer uma voltagem boa para o primário da bobina (marcha lenta e giro muito baixo menos de 2000 RPM) e em alto giro acima de 5500 RPM onde a composição de: potência da bobina + tempo de centelhamento + mais giro do motor + mais alta taxa de compressão tb dificultam o centelhamento. Aumentando consumo nestes regimes de rotação.
Poderia indicar como solução a este problema uma ignição de alta potencia (CM Racing, Surkys e as importadas), mas estas apesar de serem ótimas têm um custo muito alto e algumas necessitam de bobinas especificas o que encareceriam mais ainda. Perto de R$ 700,00
Poderiam usar um amplificador de faísca, mas os brasileiros e importados tb são muitos caros, com exceção da que uso e já testei na fabrica. R$ 350,00
Há a opção de usar um regulador/ estabilizador de voltagem da bateria que usa uma sequência de capacitores (seis ou mais) que estabiliza a voltagem da bateria e ajuda o centelhamento em baixa rotação mais em alta quase não ajuda nada.

Para quem quer dar um upgrade (melhorada) no sistema de ignição existe no mercado americano bobinas que dão entre 10 e 15% a mais de voltagem/amperagem (melhora da queima da mistura ar/combustível)
Accel 140028 tem conectores padrão europeu e serve em todos Fiestas e New, mas nos Fiesta Rocam após 2010 e New Fiesta talvez tenha que trocar contatos (conectores) pelo modelo anterior.
MSD 8241 mesmo situação quanto aos conectores.
A bobina Accel 140018 já vi em Fiesta Rocam no México, mas o fabricante não confirma se este modelo serve e qual o conector e cabo correto para este modelo. Serve para Zetec e Endura.
Agora é só colocar um bom cabo de vela, existem vários no Brasil de 10 mm (NIKA (bom), Maxi cabos (bom), Melpis (não conheço)), mas como estes cabos grudam na vela (silicone) defeito comum nos Rocam com cabos de vela sem proteção de alumínio e normalmente se rompem quando for trocar de vela é bom colocar uma vela de Irídio que dura bastante (quase 100.000 km). Sobre velas veja minha matéria em Melhor Bobina aqui mesmo no Fiesta clube.
Existem tb excelentes cabos da accel. De 8 e 8,5 mm e MSD de 8 e 8.8mm que segundo alguns preparadores são melhores que os nacionais de 10.0 mm
Tem um cabo da SPA turbo para carros da GM de 10,4 mm muito bom que retirando o conector de plástico serve nos Rocam.
Para New Fiesta tem cabo de 8mm o padrão é 7 mm na própria Ford Racing
Já trabalhei em indústria automotiva e sei que no Brasil não se coloca os melhores produtos e sim o que resulta no melhor custo e nem sempre custo/beneficio.

    Data/hora atual: 4/12/2016, 20:21